Contem Spoilers!
Resenha do Skoob: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.

Conheci o livro em uns daqueles folhetos de propaganda que vem dentro de livro quando você compra. Não dei muita bola mas depois nas redes sociais, observei que era só elogios sobre o livro então decidi pesquisar mais a história dele e então me interessei. No meio de uma viagem à Alagoas que realmente ganhei o livro de presente e fiquei tão ocupada que só li o livro mesmo depois e me arrependi por ter demorado tanto.
O legal do livro é que a autora explora o pensamento das pessoas que estão a volta de August. Assim podemos conhecer melhor o pensamento e a relação dessas pessoas com a deformidade de Auggie e principalmente com o preconceito sobre ela. Sabemos também qual é o pensamento de alguém diferente e como ele se sente incomodado com os olhares ou ações das pessoas que não o conhece a sua volta, coisas que nos mesmos já fizemos e mal percebemos com estas pessoas diferentes.
É um livro inspirador, com mensagens positivas e aprendizagens que nos devemos levar para a vida inteira. Com August aprendemos como entender pessoas diferentes e percebemos também que elas nem sempre são tão diferentes assim. 
O livro é de uma escrita simples e a autora soube explorar uma linguagem informal, aproximando assim mais do leitor. A capa e a sobre-capa chama a atenção a sobre a diferença de August, além da cor azul que me chamou muito a atenção a primeiro instante. Em relação ao número de páginas, é bem reduzido mas a história compensa isso nos dando algo impactante e emocionante que merece ser lembrado.

Avaliação: 

2 Comentários

  1. Olá, este é um bom livro, ganhei ele de aniversário. Uma leitura leve e diferente, ponto que super combina com a temática da história. Beijos

    www.nadadeperfeito.com.br

    ResponderExcluir
  2. Quer ler!!! ♥ ♥ ♥ ♥ esse é um daqueles livros com a capa e o título "me leia" você lê a resenha e continua no "me leia"

    ResponderExcluir