Oi Mentes Inquietas! Tudo bem por ai?!
Por aqui está tudo ótimo! 
Hoje eu vim trazer uma resenha de um filme maravilhoso, super leve e gostoso de assistir! Pode assistir com a mãe (Como eu fiz haha') ou com seu pai, ou com os dois! 
Como sempre, antes de começar, esta resenha pode conter spoilers!

Ficha Técnica: 
Nome: A Incrível História de Adaline
Lançamento: 21 de maio de 2015
Diretor: Lee Toland Krieger
Gênero: Romance, Fantasia, Drama
Nacionalidade: EUA
Sinopse Adoro Cinema: Adaline Bowman (Blake Lively) nasceu na virada do século XX. Ela tinha uma vida normal até sofrer um grave acidente de carro. Desde então, ela, milagrosamente, não consegue mais envelhecer, se tornando um ser imortal com a aparência de 29 anos. Ela vive uma existência solitária, nunca se permitindo criar laços com ninguém, para não ter seu segredo revelado. Mas ela conhece o jovem filantropo, Ellis Jones (Michiel Huisman), um homem por quem pode valer a pena arriscar sua imortalidade.

O filme já entrou em na lista dos meu romances favoritos. Ao contrário de muitos outros romances e dramas que encontramos por ai, ele não é nada clichê. A carga de fantasia dele nos faz acreditar mesmo naquela fantasia que o filme nos propõe. Não é nada muito absurdo nem aprofundado, você não se sentirá perdido naquela história como ocorre em algumas fantasias. 
O filme já nos apresenta Adaline nos dias de hoje e ao longo do filme nos a conhecemos melhor. Sua história, como tudo começou, o fato dela não envelhecer. Observarmos o quão triste é viver em uma vida que todos a sua volta envelhecem e você não. Conseguimos ver o porque dela ter tanto medo de que descubram o segredo dela e o porque dela fugir e não viver realmente. 
O filme é realmente muito interessante e fofo quando falamos da parte romântica. O Ellis é um homem muito desajeitado e tem todo aquele jeitinho de bobo apaixonado que faz quem está vendo se apaixonar também haha'
A atuação é esplêndida e não consigo imaginar outros atores para os personagens. A atriz Blake Lively está realmente maravilhosa, conseguindo transmitir bem todos os sentimentos do personagem Adaline, transpassando todas as inseguranças que o personagem sente. E não consigo imaginar outro casal, senão Blake e Michiel para o casal principal do filme.
Ah, é claro que não podemos deixar de falar da ótima aparição de Harrison Ford como o pai de Ellis, William, e um antigo amigo de Adaline. Prestem atenção neste personagem porque ele tem um papel crucial nesta incrível história.  

Avaliação: 
Espero que tenham gostado, Mentes Inquietas! 
Até o próximo post, beijinhos :-*

5 Comentários

  1. Ai meu coração, é com Lively Blake *-* acho ela incrível desde que assistia Gossip Girl há muito tempo. Como eu pude não saber desse filme? E ainda é de romance, eu adoro romances *-------* Ai gentee, eu queria ser ela. Imagine só, não envelhecer nunca? Deve ser maravilhoso, né hahaa não penso que seria tão triste ver as pessoas ao meu redor envelhecendo e eu não. Na verdade, eu aprovo.
    Beijinhos <3
    vorazesleitoras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoraria não envelhecer mas para a Adaline não é tão bom assim :/
      A Blake esta maravilhosa neste papel, se encaixou tão bem com ela *-*

      Excluir
  2. Que sinopse interessante!! Eu não conhecia o filme, mas a história é diferente.
    Anotei a dica para assistir <3

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  3. Lídia, você falou tão bem desse filme que eu fiquei com muita vontade de assistir. Aliás, estou numa onda de ver filmes ultimamente, coisa que eu não fazia antes.

    Beijos, Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
  4. A trilha sonora foi tão elegante como todo o ambiente do filme. Juventude, (não tão) divino tesouro, você não acha? The Age of Adaline é um filme com um bom acabamento técnico e com grande atenção sendo uma fita elegante. O filme convence o espectador desde o início. Irradia um certo magnetismo para essa aparência muito refinada, a narração (voice-over) que vamos introdução na história e vamos desvendar esses dados científicos necessários. Tudo isso forma um produto para consumo fácil, sem pretensões, mas é divertido e saboroso para ver. Teremos que prestar atenção para ver se a atriz Blake Lively tem mais chance de mostrar algo mais do que um sorriso.

    ResponderExcluir