{Resenha} O pequeno príncipe

terça-feira, março 22, 2016
Oi Mentes Inquietas!
Tudo bem com vocês?!
Eu estou devendo essa resenha para vocês porque já terminei de ler esse livro, que faz parte da Meta Literária 2016, há tempos e até já sorteei o próximo livro da Meta, se você não viu qual é o próximo livro é só ir no instagram do blog: @hdmiblog
Bom, é sempre bom lembrar que essa resenha pode conter spoilers!
Livro: O pequeno príncipe
Autor (a): Antoine de Saint-Exupéry
Editora: Agir
Gênero: Infantil/Infantojuvenil
Lançamento: 2003
Páginas: 96
Sinopse do Skoob: Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. 
“Ah! Pequeno príncipe, assim eu comecei a compreender, pouco a pouco, os segredos da tua triste vidinha. Durante muito tempo não tiveste outra distração a não ser a doçura do pôr do sol.”
Esse é o tipo de livro que para crianças e adultos têm significados diferentes. É claro, que alguém com maior maturidade captará a poesias de simples frase melhor, mas crianças irão se divertir muito com todas as coisas escritas neste livro, principalmente as verdades ditas sobre as "pessoas grandes". 
O livro nos mostra a relação de um adulto e uma criança, praticamente. Mas não é de qualquer adulto, e sim um que dá atenção as histórias de uma criança e que lhe responde as perguntas e entra no "jogo" da criança. É como se ensinasse como ter uma relação saudável com uma criança, caso seja um adulto. E ensinasse as crianças que esse jeito infantil não é ruim, e sim, que deve ser mantido por muito tempo, até a vida adulta quem sabe?!
“Tu julgarás a ti mesmo – respondeu o rei. – É o mais difícil. É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros. Se consegues fazer um bom julgamento de ti, és um verdadeiro sábio.”
O que dizer das histórias e as pessoas que o príncipe encontra em sua trajetória?! É claro que cada uma das pessoas, nos leitores, conseguimos identificar com alguém que conhecemos na nossa vida. 
O livro é realmente impactante mas não é tudo o que as pessoas fazem parecer ser. Não é o melhor livro que já li em toda minha vida e não será como uma bíblia para mim. As frases são lindas, funcionam muito bem no contexto do livro e fora dele. 
Tu não és para mim senão uma pessoa inteiramente igual a cem mil outras pessoas. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens necessidade de mim. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo...
Avaliação: 

5 comentários:

  1. Esse livro é lindo né? *--*
    Mas confesso, ouvia falarem tanto dele, que quando li, fiquei desapontada, pois nem era tudo aquilo, mas não deixo de valoriza-lo, ele tem uma linda história para transmitir.
    Beijos.

    www.jayhanadenardi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senti a mesma coisa depois de ler o livro. É lindo mas não é tudo aquilo que dizem!
      Beijos, obrigada por comentar!

      Excluir
  2. Ai, eu amo esse livro ♥ pena que você não gostou tanto assim :/
    Li pela primeira vez quando era bem nova, nem lembro quantos anos tinha, mas não entendi direito na época. Em 2013 reli, entendi melhor e me encantei! Desde então, comprei a edição em quadrinhos e ganhei a edição de luxo do meu namorado. Amo de paixão e já quero fazer o aniversário do meu pequeno com esse tema hahaha

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras|Tem resenha premiada e concurso cultural valendo livros no blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha irmã tem uma versão muito legal, cheia de surpresas e tudo, adoro ficar "brincando" com ela mas a história em si não achei tudo aquilo que falam, é adorável e encantadora.
      Obrigada por comentar!

      Excluir
  3. Oi.
    Vou ser sincera, ainda não li todo esse livro, somente algumas frases...Mas por pura preguiça, vou fazer essa leitura! Sempre as pessoas comentam muito a respeito do mesmo, como um livro que você não pode viver e não ler. Acredito ser bonito e transmitir uma mensagem legal, mas quero ler por prazer e não por imposição. Adoro suas resenhas. Beijos.

    ResponderExcluir

Feito por Lídia Munt. Tecnologia do Blogger.