Tenho ovários policísticos! E agora?!

quinta-feira, julho 05, 2018
Photo by rawpixel on Unsplash
Oi Mentes Inquietas, tudo bem vocês?!
A pergunta do título foi mais ou menos a pergunta que eu fiz para mim mesma ao receber o diagnóstico. 
Tudo aconteceu quando eu fora ao ginecologista no núcleo da Unimed para fazer o pedido do D.I.U. Logo ao chegar no consultório, um médico que eu nunca vira na minha vida e que não me examinara, fez algumas perguntas e após uns 5, no máximo 10 minutos, me diagnosticou com ovários policísticos. Mesmo não sendo recomendado a colocação do D.I.U. nesses casos, ele me deu a autorização (Tipo oi?!) e não me informou de mais nada, de tratamento ou algo do tipo. 
Obvio que após essa consulta, quase tive uma crise de ansiedade, mas marquei outra consulta com a ginecologista que costumo me consultar. Após fazer alguns exames, o diagnostico saiu e eu realmente tenho ovários policísticos. O meu tratamento é voltar a tomar pilula anticoncepcional. 
Mas mesmo já tendo ido ao ginecologista e tirado algumas dúvidas, outras eu tive de recorrer ao Dr. Google para entender quais são os sintomas e alguns deles é os períodos menstruais irregulares (check); Dificuldade em conceber ou infertilidade; Alterações de peso, especialmente ganho de peso (check); Acne (check); Resistência a insulina; Níveis elevados de testosterona; Fadiga (check haha'); Mudança de humor (check haha'); Entre outros sintomas (Fonte).
Agora eu vou iniciar o tratamento e fazer outras coisas que são recomendadas como uma alimentação mais saudável, junto com atividade física para diminuir o risco de diabetes. 
Bom, Mentes Inquietas, comenta ai embaixo se você tem ou conhece alguém que foi diagnosticada com ovário policístico para a gente trocar informações  <3
Até o próximo post, beijos :-*

Nenhum comentário:

Feito por Lídia Munt. Tecnologia do Blogger.